Desp. Aves
VS
Sp. Covilhã
Desp. Aves
  • Futebol Seniores
  • 31 Julho 2016 - 17:00
  • Estádio do CD Aves

Notícias Recentes

2016-07-29 10:16:53

Com mais de um mês de preparação e o primeiro jogo oficial da época marcado para este domingo diante do Covilhã, relativo à Taça da Liga, o treinador Ivo Vieira, em declarações exclusivas ao nosso site oficial, fez uma ponte entre tudo o que foi vivido nas últimas semanas e o que se poderá esperar da equipa. Antes de se debruçar sobre a receção aos serranos, recordou tudo o que já foi feito até aqui, fazendo, desde logo, “um balanço muito positivo da pré-época”, destacou “os comportamentos fabulosos dos jogadores”, sem esquecer as normais metas delineadas para este importante período. “A incidência foi mais sobre a parte física, a juntar à parte técnico-tática porque queríamos melhorar os índices físicos dos jogadores para que ficassem bem preparados para o início da competição. Em termos dos nossos objetivos estes foram conseguidos; ter os jogadores com suporte físico suficiente para dar garantias a curto e longo prazo”, enalteceu. As metas foram delineadas e todos estiveram à altura, tal como recordou Ivo Vieira: “Trabalhamos arduamente e os jogadores responderam sempre com uma aceitação bastante elevada. Foi duro porque não existem só coisas boas. A fadiga está sempre presente, fizemos jogos-treino com fadiga acumulada, com o cansaço em cima, porque queríamos que todos chegassem ao limite. Em alguns jogos o rendimento foi bom, noutros menos bom, mas foi tudo feito de forma pensada e preparada. Obviamente que no início da época a equipa poderá não estar no seu auge mas preparamos o grupo para disputar uma época inteira e não apenas uma fase inicial ou intermédia. Os jogadores foram capazes e brilhantes a esse nível. Temos um grupo coeso, enaltecendo o comportamento profissional de cada um e de todos em conjunto. A esse nível estou extremamente satisfeito”. Claro que também existem alguns dissabores, como algumas lesões que foram aparecendo, “umas por pancada, outras por fadiga”, mas, na opinião, do responsável técnico “se resolvermos os nossos problemas em cima daa dificuldades seremos mais fortes a cada dia”. “Conto com todos eles que trabalham cá diariamente. Têm de ser todos solução e eles sentem que isso é real. Cada um terá o seu espaço mas cada um terá de dizer “presente”, alertou. Com a fasquia bem lá em cima, dado o desejo de entrar na luta pela subida de divisão, Ivo Vieira não faz da palavra pressão um problema. “No futebol quem não tiver capacidade ou arcaboiço para lidar com a pressão não está cá a fazer nada. Temos de ter desafios diários para sermos mais capazes e competentes, e estar preparados para ultrapassar essa palavra forte. A pressão é o trabalho e o rigor, e isso eles têm. Penso que não será um fator que irá esbarrar no nosso trabalho. Se estivermos a falar da pressão dos jogos, de ganhar, ela está sempre presente de forma natural em todas as equipas”. Taça da Liga – No primeiro jogo oficial é para vencer o Covilhã Com o primeiro jogo oficial marcado para domingo, frente ao Covilhã, em jogo da Taça da Liga que será a eliminar, pois só a vitória permite chegar à próxima fase, o treinador tem uma opinião muito objetiva: “Todos os jogos são importantes quando se está numa instituição destas. Esta é uma competição difícil para atingir o objetivo principal de chegar o mais longe possível, porque há clubes de grande gabarito, com destaque para os três grandes. Mas é o nosso primeiro jogo oficial e vamos tentar ganhar ao Covilhã. Depois, no decorrer dos acontecimentos, logo veremos se poderemos traçar outros objetivos mais interessantes” Sobre a equipa serrana classificou-a de “difícil e com jogadores de qualidade”. “Já vimos o que são capazes de faze mediante aquilo que nos poderemos implementar em termos táticos. É daquelas equipas que, embora não tenha assumido objetivos mais altos, tem jogadores e qualidade para andar na parte de cima da tabela. Vai ser um jogo competitivo e difícil mas temos as nossas armas e vamos potenciar o que temos de melhor”. Força Avense – “Serão eles e mais onze a lutar pelo mesmo” Há cerca de uma semana, pela voz de Tiago Sampaio, líder da claque “Força Avense”, que em entrevista ao nosso site oficial confirmou a presença em todos os jogos frente às equipas bês, terminando, assim, o boicote instituído pelo grupo de apoio há três anos. Ivo Vieira ficou super contente quando teve conhecimento desta novidade. “É um factor muito positivo. Serão eles e mais onze a lutar pelo mesmo que é ganhar e dar tudo para que os resultados possam surgir. Sabemos que só o conseguimos com trabalho e dedicação. Vamos encontrar dificuldades, como é normal, mas sei que estarão sempre do nosso lado porque a forma de estar dos nossos adeptos é essa mesma”.

LER MAIS...
2016-07-25 15:21:58

O último amigável desta pré-temporada ficou marcado pela vitória caseira do CD Aves Futebol SAD frente ao Vizela por três bolas a zero, em jogo realizado no passado sábado, dia 23 de julho. O treino serviu também para a apresentação no relvado de todos os jogadores perante os sócios e adeptos numa noite bastante quente e com as bancadas muito bem compostas. O central João Pedro e os avançados Guedes e Barry foram os marcadores de serviço num jogo-treino em que falou mais alto a solidariedade porque a receita do jogo, num total de 1715 euros, reverteu na totalidade para a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Vila das Aves (AHBVVA). Umas causa nobre, assinalada ao intervalo com a intervenção da Fanfarra dos Bombeiros, numa partida de futebol a lembrar um jogo a sério dada a entrega de ambas as equipas, havendo uma outra picardia mais acesa dada a rivalidade entre os clubes vizinhos. O treinador Ivo Vieira fez alinhar de inicio: Quim, Renato Reis, Tiago Valente, João Pedro e Nelson Pedroso; Ericson, Tarcísio e Pedró; Femy, Guedes e Theo Mendy, apostando, assim, num claro 4x3x3, que, depois, vai alternando entre um 4x4x2. O conjunto avense já deu sinais de um bom entrosamento entre os setores e com grande força nas jogadas de contra-ataque. Agora segue-se o primeiro jogo oficial da época frente ao Covilha, a contar para a Taça da Liga, que se disputa no próximo domingo, dia 31 de julho, pelas 17 horas.

LER MAIS...
2016-07-23 00:48:42

Por todo o país multiplicam-se as claques de futebol mas na Vila das Aves há uma em particular acarinhada a nível local e nacional: a Força Avense, cujos primórdios como grupo de apoio surge na década de 80. Tiago Sampaio, atual responsável máximo pela claque, em declarações ao nosso site oficial, deu a conhecer mais ao pormenor o conjunto de sócios fervorosos que domingo após domingo caminha ao lado do Desportivo das Aves. Com muitas histórias para contar e milhares de quilómetros percorridos de Norte a Sul de Portugal, têm como lema o apoio incondicional, seja qual for a circunstância. "Os adeptos do Aves são ainda mais importantes nos momentos menos positivos. Não leva a lado nenhum entrar pelo caminho das críticas quando se está mal. Isso não ajuda em nada. Só vai piorar. Temos de estar com os jogadores e todos os responsáveis nos bons e maus momentos, sobretudo nestes últimos que é quando eles mais precisam de nós. É necessário passar essa mensagem", começou por alertar Tiago Sampaio, à espera do arranque do campeonato com toda a serenidade. "As expetativas estão lá em cima, tornadas públicas pela SAD e pela Comunicação Social. Temos um bom grupo, alguns jogadores sonantes com lugar numa equipa da I Liga mas é preciso refrear um pouco os ânimos. O campeonato é muito longo e desgastante. Como é normal, vamos perder muitos jogos, e não vão ser tão poucos quanto isso, mas não é por aí que tudo vai desabafar. Aliás, o Fernando Santos só venceu dois jogos e foi Campeão Europeu. O importante é que as pessoas nunca deixem de apoiar e façam sentir a sua presença", sustentou. Fim do boicote - Presença garantida nos jogos frente às equipas B Certo de que "estão reunidas todas as condições para se poder sonhar", mantém, contudo, os pés bem assentes na terra "porque as contas só se fazem no final e não estão esquecidos "os dissabores do passado quando em algumas ocasiões se morreu na praia". "Vamos acreditar que é possível, dar o nosso contributo nas bancadas de todos os estádios, e lutar todos para o mesmo lado". Aliás, esta época a "Força Avense" tem já uma novidade para anunciar com o final do boicote aos jogos diante das equipas B, medida adotada nos últimos três anos. "Estivemos a ponderar e dadas as metas traçadas pensamos que é de extrema importância o nosso apoio nesses dez jogos que representam 30 pontos. Pela nossa experiência, sabemos que podemos dar aquele ânimo extra aos jogadores quando as coisas não estão a sair bem em campo. Por aí podemos fazer a diferença e podem contar connosco", garantiu Tiago Sampaio. A sintonia com a administração da SAD é louvada, porque, na sua opinião, "estão sempre disponíveis para ajudar em tudo o que for necessário". "Tenho de deixar aqui um agradecimento público, em especial ao presidente Luiz Andrade, porque sempre nos recebeu bem e mostrou uma grande disponibilidade. Aliás, se não fosse a SAD não sei onde estaria o clube nesta altura. Estão a fazer um excelente trabalho, vísivel aos olhos de todos. Muitos projetos que estavam na gaveta agora são uma realidade, como o site oficial, o canal de televisão, entre outros. Isso é de louvar e de agradecer pelo crescimento e projeção que estão a dar ao nosso Desportivo", sustentou o líder da claque, que gostaria de ver mais avenses a tornarem-se sócios. "A Vila das Aves tem à volta de 10 mil habitantes, cerca de 20 por cento estão filiados, o que é muito pouco. Há que cativar as pessoas, sobretudo os mais pequenos, para começarem a ganhar o amor pelo clube da terra, tal como eu ganhei quando era criança", explicou. A recente criação da Associação de Adeptos do Desportivo das Aves - 1930, com sede aberta ao público na Praceta das Fontainhas, é um claro sinal do crescimento sustentado da "Força Avense", porque "havia a necessidade de se criar um espaço onde as pessoas pudessem reunir, confraternizar e falar do Desportivo. Essa era uma grande lacuna na vila e foi preenchida. Com este passo que demos também conseguimos criar condições para levar mais gente a ver os jogos fora de casa. Para esta época cada deslocação custará apenas cinco euros, com bilhete já incluído. A este preço só não vai quem não quer ou por qualquer motivo não pode", contou, sem esquecer outro factor: "Queríamos mostrar-nos às pessoas, dar-nos a conhecer, para que mais gente se junte a nós no apoio a este grande clube". A recém-formada equipa B do CD Aves, Futebol SAD, também contará, sempre que possível, com uma falange de apoio, designadamente nos jogos com o rival Tirsense. "Joguei aqui nas camadas jovens e lembro-me que esses jogos eram sempre vividos com intensidade máxima", recordou Tiago Sampaio, por entre risos. Depois do êxito da primeira música oficial lançada pela "Força Avense" - O melhor de Norte a Sul - está prometido para breve a apresentação de um novo cântico, da autoria de Pedro Rompante, mais conhecido no meio artístico como Kurt. "A letra dessa primeira música descreve-nos na perfeição. Na vitória ou na derrota estaremos sempre aqui para apoiar. É o lema que todos defendemos", enalteceu, enquanto se mostrou bastante satisfeito pelo sexo feminino estar a ter uma grande preponderância no grupo de apoio. "Por exemplo a nossa tesoureira é uma mulher. Temos cada vez mais a integrar o nosso grupo e ficamos muito contentes. Que venha mais gente. Homens, mulheres, crianças. Todos são bem-vindos para juntos lutarmos pela mesma causa: o amor ao nosso Desportivo".

LER MAIS...
2016-07-19 16:30:36

No próximo sábado, o CD Aves, Futebol SAD realiza o último jogo-treino da pré-época, frente ao Vizela, sendo este de cariz solidário, cujas receitas revertem a favor da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Vila das Aves (AHBVVA). A entrada tem o custo de 3 euros e a partida está marcada para as 20 horas no estádio do Clube Desportivo das Aves. Em simultâneo será feita também a apresentação individual de todos os jogadores do plantel perante os sócios e adeptos. Venha conhecer a nossa equipa, adira a esta causa e juntos vamos ajudar os soldados da paz da nossa vila!

LER MAIS...
2016-07-19 15:16:11

O internacional pelo Burkina Faso, Yaya Bamba, de 22 anos, é o último reforço para o plantel do CD Aves, Futebol SAD, tendo esta tarde assinado um contrato válido para as próximas três temporadas. Há três anos em Portugal, o jovem médio-defensivo começou por representar os juniores do Boavista, seguindo, depois, para o Gondomar, onde totalizou, em duas épocas, 57 jogos, não escondendo a felicidade por ter "dado um passo em frente na carreira". "É muito importante para mim ter vindo para o Aves porque é uma divisão superior, posso evoluir e aprender cada vez mais, e sou mais um para ajudar", confessou o jogador em declarações exclusivas ao sitio oficial dos avenses. "Antes de vir para cá conversei com alguns jogadores e todos me falaram muito bem sobre este clube. Conheço o Theo Mendy porque quando estava no Boavista ele jogava nos seniores e fiz alguns jogos-treino com ele. Aceitei de imediato a proposta que me apresentaram e não podia estar mais feliz", destacou. Só amanhã fará o primeiro treino com os novos companheiros mas nas últimas semanas diz ter feito a sua própria preparação, designadamente, a nível físico para poder se apresentar em boas condições. Por isso promete "trabalhar no máximo das capacidades, fazer tudo o que é pretendido para alcançar um lugar na equipa". "Sei que a concorrência é forte mas estou aqui para dar o meu melhor em nome do Aves e também para cumprir com a meta traçada pelos responsáveis para esta época. Espero que todos tenhamos muito sucesso para dar motivos de alegria aos sócios", completou Yaya Bamba.

LER MAIS...
2016-07-17 19:06:52

O brasileiro Érico Júnior, de 22 anos, reforçou o ataque do CD Aves, Futebol SAD, tendo assinado um contrato válido por três épocas. Representou o Clube Regatas do Brasil até ao final desta temporada (registo de 17 jogos e um golo), por cedência do Sport do Recife, e, antes disso, teve uma curta passagem pelo Mafra, onde alinhou em sete jogos e apontou um golo. Agora desvinculou-se de vez do clube do Recife e terá a segunda experiência no nosso país. Esta nova aquisição dos avenses pode jogar nas duas alas do ataque, e essa será, então, uma mais-valia para o treinador Ivo Vieira. Natural do Recife, Érico Francisco de Oliveira Júnior, remata preferencialmente com o pé direito, pesa 71 kg e mede 1.75 cm. Começou a dar nas vistas em 2011 no Vitória das Tabocas, e no ano seguinte, rumou ao principal clube da sua cidade, rubricando um contrato de longa duração que, agora, chegou ao fim. Com a chegada do extremo faltará apenas um médio-defensivo para dar por encerrado o plantel para 2016/17.

LER MAIS...